New Website: Currently Updating.

Carrinho(0)

  • O carrinho está vazio
Resultados para ""(0)
Ano 2024
Nome Greenhouse
Cliente Greenhouse
Categoria Identidade Visual; Comunicação;

Greenhouse é uma iniciativa coletiva das artistas-curadoras Mónica de Miranda, Sónia Vaz Borges e Vânia Gala criado no âmbito do pavilhão de Portugal na Bienal de Veneza. A exposição, situada na interseção entre prática, teoria e pedagogia, está estruturada em torno de quatro ações dinâmicas: GARDEN (Instalação, Espaço e Tempo), LIVING ARCHIVE (Movimento, Som e Performance), SCHOOLS (Educação, História e Revolução) e ASSEMBLIES (Público e Comunidades).

O Creole Garden do Greenhouse serve como um núcleo para ações interdisciplinares e transformadoras, apresentando plantas provenientes da botânica tropical e cultivadas segundo os princípios da permacultura e agricultura sintrópica. Este jardim será um local de resistência, criatividade e especulação, onde diversas identidades de corpos curatórios, visuais, coreográficos e militantes convergem para formar um corpo-terra migrante.

Em linha com o espírito de Greenhouse, desenvolvemos um sistema visual adaptativo que evolui e se transforma ao longo do tempo. Este sistema apresenta um design com uma base estrutural forte e profundidade conceptual rica, refletindo a natureza dinâmica e em constante mudança do projeto Greenhouse. Através destes elementos visuais, pretendemos criar uma experiência envolvente e imersiva para todos os visitantes, encorajando-os a se envolverem profundamente com os temas e ações da exposição.

Ao navegar no site está a concordar com o uso de cookies. Saber Mais.